A primeira ideia…

Muitos empreendedores quando começam a pensar em ter seu próprio negócio, logo se sentem interessados em ter uma franquia, afinal de contas, o produto ou serviço já foi testado e já é reconhecido no ramo.

Você, alguma vez já pensou nessa possibilidade, de abrir uma franquia ou de comprar uma franquia?
Pois saiba que essa opção pode ser a ideal para os seus planos.

E com objetivo de lhe ajudar a entender um pouco mais sobre esse assunto tão promissor, hoje você terá a oportunidade de entender como nasce uma franquia.

Acompanhe o texto e tire suas dúvidas.

Como nasce uma franquia?

Uma franquia vem da expansão de uma empresa que tem potencial para crescer dentro de um sistema de multiplicação, de uma maneira que marca/franquia e franqueados possam lucrar com todo o processo.

Isso tudo é resultado de muitas análises e um incansável trabalho para entender se o produto ou o serviço em questão possui engajamento com o mercado.

Algumas franquias nascem de negócios independentes que são reorganizados e transformados em formato de negócio de sucesso e apresentados a outros empreendedores.

Obter uma franquia é como comprar uma licença de uso de uma marca e das técnicas de venda de um determinado produto ou serviço que já é consolidada.

Abrir uma franquia é como comprar algo e ganhar outro de brinde, pois ela já vem acompanhada de uma determinada taxa de sucesso e um conhecimento tecnológico que em outros empreendimentos precisam ser construídos do zero – o que dá muito mais trabalho e despesas no campo dos estudos, análises e mapeamento do mercado.

Quais os tipos mais comuns de franquia?

Cada franquia possui um formato com características próprias que possibilitam atender diferentes tipos de público-alvo e de franqueados.

Entre as mais comuns estão:

✓ Franquia virtual.
✓ Franquia de loja em centros comerciais.
✓ Franquia home based (para trabalhar em casa).
✓ Franquia de loja em rua.
✓ Franquia quiosque.
✓ Franquia móvel.

Esses citados acima têm a ver com o formato da franquia, já os segmentos podem ser dos mais variados tipos como, por exemplo:

• Franquia de alimentação.
• Franquia de estética.
• Franquia de roupas, calçados acessórios.
• Franquias educacionais. Entre outra.

Atualmente você tem a possibilidade de encontrar franquias em praticamente qualquer segmento, essa é uma boa oportunidade de negócio.

Quanto custa uma franquia?

O investimento inicial pode variar bastante, de acordo com tamanho, formato e segmento desejado, para começar com pé direito é necessário uma abrangente pesquisa sobre:

– Taxas.
– Royalties.
– Tempo de retorno.
– Lucratividade do produto ou serviço.

Como ter sucesso sendo um franqueado?

Muitas vezes ao se interessar pela compra de uma franquia, os empreendedores ficam reféns de franquias famosas ou então tentam a todo custo descobrir qual a franquia certa para se investir.

Contudo, é importante ressaltar que mais do que esses fatores, para se ter sucesso no ramo de franquias é necessário ser  comprometido com seu negócio.

Acredite, para ter uma franquia de sucesso não existe fórmula mágica, o segredo está na dedicação, pró atividade, boa contabilidade para franquias e persistência do franqueado.

E por onde começar?

Como em qualquer outro empreendimento é ideal que você se identifique com o produto ou serviço oferecido pela franqueadora, assim seu trabalho será muito mais lucrativo e prazeroso.

Depois dedique-se a estudar e entender todas as entrelinhas da franquia que deseja adquirir, para que ao se fechar o acordo não reste dúvidas e nem arrependimentos.

Logo em seguida é preciso se planejar para cumprir todas as exigências para obter a franquia e dessa maneira poder começar o seu novo empreendimento de sucesso!

Por fim e não menos importante: contate uma contabilidade online especializada em franquias, para que tudo possa estar dentro das conformidades e exigências legais e fiscais!

Entre em contato!

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.