Essa é uma das perguntas que mais gera dúvidas em vários empreendedores que querem investir em um negócio – o que fazer antes de abrir uma franquia?

E muitos são os que pensam em abrir o próprio negócio; agora quem pensa em fazer isso através de uma franquia tem muito a seu favor.

Só para você ter uma ideia, de acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF) o faturamento do setor de franquias no ano de 2018 fechou em alta de 7,1% em comparação ao ano anterior.

Já a receita total do mercado de franquias em 2018 teve um salto de R$ 163,319 bilhões para R$ 174,843 bilhões.

Além disso, a ABF percebeu três movimentos principais no mercado brasileiro:

  • Muitas redes de franquias sendo interiorizadas.
  • Uma constante diversificação de modelo, canais e localização.
  • E o aumento em multiunidades, ou seja, franqueados com dois ou mais pontos.

Ainda de acordo com este estudo da ABF, houve uma queda na taxa de mortalidade das operações; em 2018 ficou em 3,9% enquanto que no ano anterior o índice medido foi de 5%.

Então, com números tão positivos, não é de se espantar que você tenha o interesse em abrir uma franquia.

No entanto, é extremamente importante que você tenha conhecimento sobre alguns cuidados ao abrir uma franquia para não ter prejuízos com seu investimento e evitar transtornos desnecessários.

E é justamente sobre esse assunto e outros aspectos relacionados a ele que vamos falar aqui para você neste artigo.

Então vamos lá – o que fazer antes de abrir uma franquia

 O que fazer antes de abrir uma franquia?

Conte com a ajuda de nossa contabilidade!

O seu perfil precisa estar alinhado ao perfil da marca

Antes de seguir com a ideia de abrir uma franquia, você deve avaliar se possui perfil de franqueado, pois uma característica sempre citada como requisito para o investidor é – espírito empreendedor, independente do segmento em que atua a franquia.

Outro fator importante que você deve considerar antes de entrar no franchising é saber que você enquanto franqueado(a) precisa ter disposição para seguir todas as regras e normas impostas pela franqueadora.

Isso significa que você franqueado da marca, é um empreendedor de franquias COM limitações; assim, você tem que seguir padrões e regras e precisa ter uma disciplina.

Ademais, é possível ainda que as redes de franquias façam à você exigências pontuais enquanto franqueado:

  • Experiência anterior.
  • Formação em algumas áreas.
  • Habilidades de gestão de pessoas e comunicação.
  • Idade mínima, etc.

Tudo isso pode ser atributos fundamentais para algumas marcas de franquias.

Capacidade de gestão desse tipo de negócio

Outro ponto que você deve checar antes de montar uma franquia é avaliar se você tem ou está disposto(a) a adquirir a capacidade de fazer a gestão desse tipo de negócio.

É fato que sua unidade de franquia apenas terá sucesso se você souber geri-lo; não é verdade?

Por isso, além dos conhecimentos técnicos de gestão, é primordial que você tenha uma boa dose de determinação, planejamento e responsabilidade.

Principalmente o começo de uma franquia pode ser difícil, especialmente se você desconhece os fatores necessários para a gestão de franquias.

Mas então o que significa fazer uma boa gestão de franquias?

Esse conceito abrange todo o funcionamento, estrutura e rentabilidade da marca.

Em outras palavras, engloba toda a organização dos recursos necessários – humanos, operacionais, financeiros, entre outros.

Logo, entender a gestão de franquia como algo simples é um equívoco.

O ideal é você ter uma visão mais ampla, que leve em consideração todos esses aspectos citados.

Por exemplo, veja a seguir algumas das principais noções de gestão de franquia que você precisa ter antes de abrir uma:

  • Supervisão de equipe.
  • Remuneração dos colaboradores.
  • Formalização de franquia.
  • Recrutamento de seleção de talentos.
  • Organização de finanças.
  • Gerenciamento de estoque.
  • Motivação do seu público interno.
  • Retorno sobre investimento.
  • Estratégias de comunicação interna e externa, etc.

Entendeu?

Planeja-se. Planejar é preciso.

O que fazer antes de abrir uma franquia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Já de início, a falta de planejamento te leva ao FRACASSO.

Nada deve ser feito no mundo empresarial sem ser realizado um planejamento; e isso não seria diferente no caso de você abrir uma franquia.

Com um planejamento bem feito, você consegue saber se está escolhendo uma franquia que atenda aos seus objetivos sem comprometer suas finanças.

Outro ponto a considerar é evitar escolher um segmento muito distante da sua experiência profissional e/ou dos seus interesses particulares.

Lembre-se que é você enquanto franqueado(a) que vai ter que dedicar muito do seu precioso tempo para que a franquia que você escolher tenha sucesso.

Conheça outros franqueados que já fazem parte daquela rede de franquias

Esse é um dos passos mais importantes antes de abrir uma franquia. É uma arma poderosa para conhecer a marca a fundo.

Sendo assim, entrar em contato com os atuais franqueados e ex-franqueados da marca é essencial para você obter informações relevantes para o seu futuro negócio.

Não tenha receio de perguntar para eles:

  • Como a franqueadora atende as eventuais necessidades de tiveram.
  • Quais foram as maiores dificuldades que encontram ao empreenderem com aquela marca.
  • Quais suas maiores conquistas.
  • Como o mercado vem respondendo aos produtos/serviços oferecidos por ela, etc.

E para os ex-franqueados não hesite em perguntar:

  • Por qual motivo decidiram deixar a marca.
  • Se eles cometeram alguma falha que não condizia com as regras da franqueadora.
  • Quais foram essas falhas, etc.

Vale salientar que você deve saber equilibrar as informações que irá receber, pois você com certeza vai escutar aquele apaixonado, e também vai encontrar aqueles 10% que estão desencantados com a marca.

Está percebendo a quantidade de cuidados que você deve ter ao abrir uma franquia?

Mas não se precipite nesta decisão, aqui estamos sendo honestos com você e te alertando quanto a TUDO sobre o que fazer antes de abrir uma franquia, para que você possa ser um empreendedor de sucesso, não tenha prejuízos e transtornos futuros desnecessários.

A escolha de um bom ponto para sua franquia

Conte com a ajuda de nossa contabilidade!

Quem escolhe às presas o local para abrir a franquia corre grande risco de pagar mais pelo imóvel e também ter pouco, ou praticamente nenhum, movimento na unidade.

De acordo com a sócia do Grupo Cherto, Filomena Garcia (consultora em franquia, formatação e expansão de negócios) o tempo médio para um empreendedor encontrar o ponto ideal da franquia é de 70 a 90 dias.

Esse é o tempo que você tem para pesquisar o local e identificar se aquele ponto que você está querendo abrir a franquia é, de fato, condizente com a realidade do produto/serviço que sua marca vai oferecer e se vai ter público o suficiente para que sua franquia possa ter sucesso.

Escolher três possíveis lugares para barganhar e não ficar refém de apenas uma opção é indicado por especialistas dessa área.

Sendo assim, antes de “bater o martelo”, você deve saber onde está o seu público-alvo.

  • Faça observação inloco do fluxo de pessoas em todos os dias e horários da semana.
  • Investigue o histórico do ponto que pretende escolher com empresários da região.

Por exemplo, zonas que concentram lojas do mesmo segmento, dão mais chances de sucesso ao negócio de franquia, vez que o número de consumidores/clientes que busca essas regiões tende a compensar a acirrada concorrência.

Por outro lado, uma zona isolada menos disputada, exige que você faça mais investimentos em propaganda, que nem sempre resulta em mais clientes para sua franquia.

Em suma, observe se os produtos/serviços oferecidos da marca que você escolher atendem às necessidades do público do local em que sua franquia será inserida.

Você pode analisar essa questão através de entrevistas, pesquisas de mercado e outras estratégias focadas nos compradores.

E como escolher a franquia ideal para mim?

O que fazer antes de abrir uma franquia

Bom. Com tantas opções de franquias, escolher a marca ideal pode ser complexo, mesmo que você já tenha definido o segmento e o capital disponível para investir.

Mas na hora de analisar as marcas, é essencial que você observe esses e outros pontos que já citamos como:

  • Quais produtos/serviços a franquia oferece.
  • Histórico da rede.
  • Sua reputação no mercado.
  • Nível de satisfação dos franqueados.
  • Transferência de know how.
  • Suporte aos franqueados.
  • Conhecimento de campo.
  • Dados de investimento (taxas, ROI, etc).

Dessa forma, antes de fechar um acordo com a franquia, avalie atentamente esses pontos e não tenha pressa; isso pode prejudicar sua escolha e te fazer toma a decisão errada.

Então, alinhe suas expectativas também para não se decepcionar e peça auxílio a especialistas em franquias para que eles possam avaliar com você.

Quero abrir uma franquia, mas ainda não tenho certeza se devo aplicar o meu dinheiro ou investir nessa ideia.

Não se preocupe; isso é natural que aconteça com empreendedores que desejam abrir uma franquia.

Ao ter esse medo de abrir uma franquia, você de fato está tendo receio de fazer investimento equivocado e isso te faz pensar melhor no que você vai investir e quais as expectativas que tem de retorno.

Sendo assim, se você já tem o capital necessário para abrir a franquia e já encontrou aquela ideal para o seu perfil, vale tomar alguns cuidados para garantir que tudo irá correr tranquilamente.

Um desses cuidados ao abrir uma franquia é:

Avaliar se o negócio que você escolher tem capacidade suficiente de satisfazer suas expectativas de retorno.

  • Quanto você deseja ganhar?
  • Quanto de lucratividade?
  • Em quanto tempo?

Coloque tudo isso no papel e confronte com as informações que a franquia vai passar para você, sempre lembrando de prever cenários negativos e positivos para você não se frustrar com os reais resultados.

Lembre-se também que a franqueadora vai te passar uma simulação do que ocorre em operações reais. É uma média.

Por isso você nunca deve olhar aqueles números que ela te apresentar como uma verdade absoluta e uma exata projeção.

Procure uma empresa especialista em franquias

Esse também é um dos pontos mais importantes que você deve considerar antes de abrir sua franquia – o apoio de uma empresa especialista em franquias.

Uma contabilidade para franquias, por exemplo, é a opção mais indicada para te ajudar desde planejamento, negociação com a franqueadora até o funcionamento de fato do negócio.

E há tantos aspectos que envolvem a contabilidade para franquias que existe uma lei especifica para regulamentar esse tipo de negócio e a relação entre franqueador e franqueado.

Um desses principais pontos constantes na Lei n°8.955/1994 e a exigência de que o franqueador entregue a você interessado em adquirir a franquia a COF (Circular de Oferta de Franquia).

Este é um importante documento entregue antes de você assinar o pré-contrato para que você fique ciente de tudo quanto te vai ser exigido, além de balanços e demonstrações financeiras da marca.

Conhecer profundamente esse documento é crucial para que você saiba o contexto no qual a marca que você escolher está inserida; e para isso uma contabilidade para franquias contribui bastante.

ALERTA! – cuidado com contabilidades baratas e não qualificadas

12- O que fazer antes de abrir uma franquia

Conte com a ajuda de nossa contabilidade!

Esse tipo de negócio, franquias, é tão peculiar e possui determinadas especificidades que exigem um tipo de contabilidade mais complexa do que para outros tipos de empresas.

De modo geral, as franquias tem que lidar com características contábeis totalmente diferentes do comércio tradicional, como:

  • Folhas de pagamentos específicas,
  • Royalties.
  • Marketing, entre outras.

Por isso, é essencial que você tome cuidado com as contabilidades baratas e não qualificadas.

Você deve investir em uma contabilidade de confiança para te ajudar em todo o processo de abertura de franquia e para te ajudar a manter a saúde financeira do seu negócio.

Portanto, a complexidade burocrática para rede de franquias exige que o profissional contábil tenha conhecimentos específicos para que sua franquia possa seguir bem financeiramente.

Desse modo, uma eficiente contabilidade especializada em franquias é fundamental para auxiliar você, futuro franqueado, na gestão de todo o negócio.

Agora que você sabe o que fazer antes de abrir uma franquia, temos um convite para você – entre em contato conosco.

Somos uma contabilidade especializada em franquias que ajuda diversos franqueados a terem sucesso em seus negócios, a entenderem melhor como funciona a questão operacional, tributária e de gestão de pessoas e tudo mais a que se refere o mercado de franchising.

Logo, se você está querendo saber mais sobre franquias e precisa de apoio, conte com a gente.

Estamos à sua disposição!

Um forte abraço.

WhatsApp AM contabilidade Online

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.