O sistema de franquias no Brasil vem ganhando força desde a década de 90, sendo assim, é possível dizer que existem marcas no mercado com cerca de 30 anos ou até mais, algumas com média de 20 anos de operação e franqueados espalhados por todo País.

A franchising tem como princípio básico se associar a um franqueado que tenha perfil adequado para operar a sua marca, assim sendo, quando é chegada a hora da sucessão, quais seriam os critérios para entender se os herdeiros possuem condições de continuar o legado dentro da rede de franquias?

Além disso e nos casos em que não há herdeiros ou interesse por parte dos mesmos?

A questão na hora da sucessão em franquias engloba muitas particularidades.

Quando existe a possibilidade de uma transferência de negócios para herdeiros, as coisas podem ser mais simples, desde que a rede implante um programa de sucessão, com a intenção de que os filhos, parentes, ou pessoas de confiança do franqueados sejam preparados corretamente para essa transição.

Mas independente de qual seja a alternativa, uma coisa é fato, rede e franquias precisam estar em sintonia e começar a pensar em alternativas a longo prazo, para isso hoje você conhecerá algumas dicas de como se preparar para ter uma franquia de sucesso, acompanhe!

Defina os critérios

É importante que o franqueado comece a pensar na sucessão com pelo menos 10 anos de antecedência e a primeira coisa a ser feita é encontrar o sucessor para sua franquia, para isso alguns critérios são importantes:

O primeiro ponto o a ser analisado é a personalidade do possível sucessor, o perfil deve conter 4 particularidades ao menos:

  1. Aptidão para liderar.

  2. Relacionamento interpessoal influente.

  3. Ritmo de trabalho condizente com o tipo de negócio.

  4. Atenção aos detalhes.

O segundo passo é avaliar e entender todo histórico profissional e pessoal, como, por exemplo, escolaridade, atividades exercidas, realizações profissionais, entre outras que julgar pertinente ao negócio.

A disposição e anseio por assumir a franquia, também é indispensável, afinal de contas, assumir esse trabalho é um grande desafio!

Preparar-se para a transição

Franquias e herdeiros veja mais sobre o sucessor

As redes mais experientes já estão criando um plano de sucessão, que claro demanda anos de planejamento para chegar ao ponto de ser repassada tanto a franqueadores como para franqueados.

A sucessão de franquias pode ser feita com amparo de um contador especializado no nicho em questão, ajudando assim, na gestão do Fransching.

Esse processo visa reduzir conflitos e qualquer insegurança, natural à sucessão, para assim conseguir manter o sucesso da franquia por muitas e muitas gerações.

A dica para o sucessor

E se você é o primeiro na linha de sucessão familiar ou de alguma outra forma irá assumir a franquia é necessário estar atento a alguns pontos principais para seguir com plano de treinamento, veja:

  • Fortaleça sua missão, valores e visão de acordo com as expectativas da franquia e franqueadora, quanto mais sintonia, mais fácil será.

  • Capacite seus talentos, o que você tem a oferece a essa nova gestão? O ideal é entender as necessidades e buscar capacitação para atendê-las.

  • Aplique-se em conhecer os colaboradores e deixe que eles confiem na sua presença, o ideal é fazer uma transição suave sem intercorrências.

Para aqueles que desejam uma franquia forte, de sucesso e que viva no mercado durante anos e anos, agora é a hora de se preparar para isso, comece já e tenha um futuro tranquilo!

Precisa de ajuda com contabilidade para franquias? Fale conosco!

WhatsApp AM contabilidade Online

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.