A procura por representantes comerciais está por toda parte, anúncios em jornais, internet, entre outros meios de comunicação, contudo, será que as condições que as empresas oferecem são mesmo atrativas?

Ao buscar uma oportunidade de representação comercial, o profissional frequentemente se depara com vários filtros estabelecidos pelo contratante, um deles é a exigência de contrato de exclusividade.

Mas será que ter um contrato de exclusividade pode ser vantajoso?

Independente das exigências estabelecida pela empresa contratante, o representante comercial por sua vez, deve sempre proceder no mesmo sentido, filtrar as melhores possibilidades, seguindo sempre a sua visão e valores profissionais.

Veja agora os prós e contras de um contrato de exclusividade e assim esteja preparado (a) para aceitar a proposta, ou continuar a procura pela representação ideal!

Prós e contras de um contrato de exclusividade

De maneira bem clara, a questão é a seguinte, quais as vantagens que a empresa entrega a você para manter um contrato de exclusividade?

A primeira coisa que você precisa entender é se a cláusula beneficia ambas as partes, pois somente assim será uma exigência viável a ser considerada.

Existem empresas de grande porte que precisam que seus representantes comerciais mantenham seu foco em um só produto, algumas vezes por terem um número de clientes considerável, ou por ter muitas particularidades que precisam de total atenção.

Contudo, é preciso que o retorno seja positivo para você, pois algumas vezes o investimento é grande, exige muito empenho, tempo e dedicação, mas no final, os lucros são irrisórios.

Portanto, para ser exclusivo é preciso ter retorno positivo, tanto em ganhos financeiros, como em outros campos! Senão, o melhor a fazer é não ter um contrato de exclusividade.

Lendo nas entrelinhas

Ok, os detalhes estão acertados, a exclusividade compensa e chegou a hora de assinar o contrato!

Cuidado!

O melhor a fazer é procurar assessoria jurídica e contábil para analisar o contrato de prestação de serviço, pois só assim você poderá entender se os prazos e exigências procedem com as suas necessidades e também com os acordos verbais.

O valor dessa análise não é caro como você pensa! Melhor é fazer algo seguro, do que correr riscos e prejuízos.

Escolhendo a melhor representação comercial

Veja agora algumas dicas que podem ajudar na hora de fazer as suas escolhas!

  • Sempre defina o segmento de mercado com o qual se identifique e esteja familiarizado (a)
  • Verifique a região de atuação, muitas vezes representar envolve muitas viagens para fora do seu estado.
  • Estude sobre a empresa que deseja representar, isso evita transtornos inesperados.
  • Facilidade, praticidade e custos com deslocamento sempre devem ser levados em consideração, principalmente quando não há ajuda de custo prevista em contrato.
  • Avalie os benefícios oferecidos pela empresa a ser representada, transporte, ajuda de custo, aparelhos telefônicos, computadores, alimentação, gastos com hospedagem, tudo isso precisa ser levado em consideração antes de achar que aquela representação será lucrativa.
  • Para que a sua representação comercial obtenha sucesso é imprescindível que haja confiança entre você e a empresa, só assim você transmitirá segurança no momento da venda.
  • Prefira sempre as empresas que valorizam seu trabalho e que ofereçam oportunidade de expansão e crescimento profissional.
  • Só firme um contrato depois de todas as dúvidas sanadas e todos os acordos previstos em contrato.

Em caso de dúvidas consulte um contador experiente no ramo de atuação de representação comercial!

Depois disso é só ter foco e determinação, boa sorte e bons negócios!

Seja bem-vindo a AM CONTABILIDADE ONLINE, e se precisar de uma equipe contábil assertiva para declaração de imposto de renda ou assessoria contábil como pessoa jurídica, entre outros, conosco você pode contar!

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.