QUAL IMPORTÂNCIA DE UMA ASSOCIAÇÃO ENTRE FRANQUEADOS?

 

Comunicação é o segredo para o sucesso.

Franqueados do Brasil e do mundo, cada vez mais tem entendido que comunicar-se é a melhor maneira de se manter lucrativo e competitivo diante do mercado.

Conselhos ou associações de franqueados se tornam cada vez mais frequentes e na grande maioria das vezes, são de iniciativas do franqueado. Mas você sabe o que os motiva a criar tais grupos?

Geralmente são duas razões pelas quais franqueados se organizam:

  1. Pela ineficiência do fundo de propaganda da franquia.
  2. Pela falha em realização quanto a produtos ou serviços oferecidos pela franqueadora.

Mas acredite, a associação de franqueados pode ter um papel muito maior do que apenas “apagar incêndios”.

E para saber qual a sua importância, acompanhe o texto.

Facilitando a comunicação

Em grande parte, as associações são motivadas a surgirem por um conflito, seja por ordem de desconformidade com valores ou então com a entrega de serviços que a franqueadora pratica ou deixa de praticar.

Mas a grande verdade é que essas organizações devem ser repensadas quanto a sua finalidade, seria mais valoroso criar uma associação de franqueados para antevir os possíveis problemas, do que para saná-los depois de instalados, uma vez que a proporção pode se tornar bem maior do que deveria.

Conselho de franqueados

Estruturar um conselho de franqueados é um processo necessário para aperfeiçoar a comunicação entre franqueadora e franqueados, essa atitude é muito positiva quando a contratada possui uma disposição positiva a ouvir as sugestões de seus contratantes.

Quando bem estruturado, um conselho de franqueados se torna uma excelente medida para estabelecer boa comunicação e facilitar o fluxo de informações importantes para o bom funcionamento da sua franquia.

Experiências, ideias e soluções

Além de trabalhar para impedir qualquer tipo de abuso por parte da franqueadora e buscar melhoria nos serviços e valores praticados, a associação de franqueados pode ter outro papel de grande importância para o crescimento da sua franquia.

Isso porque a reunião de pessoas com mesmo propósito e que estão em busca de um mesmo ideal, permite um elo positivo de troca de informações, mais uma vez provando que a comunicação é imprescindível no mundo corporativo. Envolvendo, portanto:

  • Troca de experiências.
  • Case de sucesso.
  • Ideias inovadoras.
  • Soluções práticas e possíveis para melhorar a administração e o planejamento da franquia.

Além da possibilidade de formar propostas únicas e viáveis a todos os franqueados para que sejam sugeridas mudanças e melhorias dentro do sistema de franquias, tudo isso no intuito de fortalecer e beneficiar ambos os lados.

Em outras palavras, essa é uma aliança que possibilita a concretização de interesses.

Como funciona na prática uma associação de franqueados?

É importante lembrar que não há competitividade entre franqueador e franqueados e que para que a associação tenha êxito em seu propósito, todas as partes envolvidas na franquia devem desempenhar papeis ativos, para que as vantagens sejam vistas.

A associação de franqueadores deve ter base legal, solidamente estabelecida em legislação civil para facilitar a aplicação de termos e regras e dessa forma poder amadurecer e profissionalizar cada vez mais a rede de franquias.

Lembre-se, a relação entre a associação e franqueadora deve ser o mais transparente e amigável possível, estabelecendo sempre um diálogo participativo de maneira que ambos possam permanecer aliados na escolhas e melhorias em busca do sucesso.

Comunique-se e dessa forma atinja o sucesso e crescimento profissional.

Entre em contato conosco, pois somos uma empresa de contabilidade especializada em franquias e podemos te ajudar!

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.