Os empreendedores que optam por adquirir uma franquia já começam a sua vida no mundo dos negócios com algumas vantagens, já que não é necessário se preocupar com padronização e criação da marca.

Nos últimos anos o empreendedor conta com mais uma opção as franquias com valores mais acessíveis, com um investimento máximo de R$ 80 mil, assim o empresário consegue investir em um negócio estruturado e rentável sem gastar rios de dinheiro.

É importante sempre lembrar que mesmo que ainda uma franquia não tenha atingido seu ápice no mercado do ramo em que atual, ela tem plena capacidade de ser lucrativa e estruturada, podendo até mesmo ser mais organizada e capacitada do que outras marcas mais famosas.

Além de oferecer ao franqueado a oportunidade de crescer e se desenvolver com a franquia, pense nisso!

E para ajudar a seguir no caminho certo na hora de montar sua franquia, seguem 5 dicas que você deve considerar ao torna-se um franqueado.

 

1.  Pequenas empresas e grandes potenciais

Entenda que mesmo que uma franqueadora esteja iniciando no ramo, ela é capaz de oferecer recursos para que seu empreendimento prospere, seja qual for a sua escolha, o ideal é sempre checar as informações. Por isso pesquise:

  • Dados
  • Satisfação dos
  • Reclame
  • Converse com outros

 

2.  Sempre alerta aos Royalties

Royalties é uma porcentagem paga a franqueadora pelo direito de uso da marca em questão, ele pode ser pago mensalmente ou de acordo com o contrato firmado.

Esse é outro detalhe importante. Esteja sempre atento aos valores que a franqueadora propõe de pagamento dos royalties, verifique se é compatível com os lucros e se é viável, uma boa relação entre contratante e contratado precisa beneficiar os dois lados, por isso, analise com cuidado essa questão.

3.  Atente-se a taxa de franquia

Trata-se de uma taxa única paga no momento da assinatura do contrato e é cobrada em troca de:

  • Licença de
  • Capacitação inicial do franqueado e da sua
  • Transferência de know-how.

É nesse primeiro momento que o franqueado recebe todas as orientações e suporte necessário para iniciar sua franquia de forma totalmente produtiva e já de olho nos lucros.

Portanto, analise se a taxa de franquia tem o custo-benefício que você precisa para começar bem seu empreendimento, cuidado com as taxas abusivas que algumas franquias que já estão consolidadas no mercado costumam praticar.

4.  Pesquisa de mercado

Pesquise o mercado no qual deseja abrir seu empreendimento em todos os seus detalhes:

  • Verifique a aceitação do produto que a franqueadora oferece.
  • Verifique se o local onde você pretende abrir a sua franquia absorve o ramo em questão.
  • Como você vai atingir o público-alvo.
  • Se você tem liberdade de ações de marketing, ou apenas as que a franqueadora já oferece.

Enfim, você precisa entender em qual negócio está entrando, para saber se há rentabilidade ou não.

5.  Se identifique com a franquia escolhida

De nada adianta ser uma franquia lucrativa, renomada, que pratica taxas justas, se você franqueado não tiver a menor identificação com o ramo em questão.

Para que sua franquia seja um sucesso é necessário empenho e para isso é ideal que você se sinta motivado a trabalhar e se dedicar de corpo e alma.

Faça uma análise profunda e sempre leve em consideração as suas preferências e habilidades e dessa forma a sua franquia será um negócio próspero e prazeroso!

Por fim, converse com profissionais contábeis especialistas em franquias e entenda as questões burocráticas.

 

 

Como podemos te ajudar?

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.